Espanha

Conhecer melhor o país que com Portugal forma a península Ibérica é quase uma obrigação. Porque é numa viagem a Espanha que podemos apreciar, por exemplo, a movida de Madrid, os delírios arquitetónicos de Gaudí, em Barcelona, ou a beleza vulcânica de Lanzarote. Num país de regiões autonómicas e Comunidades, sublinhe-se entre elas a Galiza, o país Basco, Castela – La Mancha, e as ilhas baleares e Canárias.

 

Factos

Bandeira da Espanha

Espanha

Capital: Madrid

População: 47 milhões

Língua Oficial: Espanhol

Fuso horário: GMT +1

Cógido telefónico internacional: +34

Quando ir

Melhor época para visitar

Espanha é um bom destino turístico durante todo o ano, dependendo do tipo de atividades que se procura. Os meses ideais para fazer uma visita são os meses de maio, junho e setembro, e também os meses de abril e outubro nas regiões mais a sul. São as melhores alturas para não arriscar no clima – e fugir ao calor extremo (na Andaluzia chega-se aos 45 graus com facilidade nos meses de verão; e em Madrid, no mês de agosto é insuportável e a cidade fica quase deserta).

 

Ver condições climatéricas

O que visitar

Principais destinos

Dinheiro

Moeda: Euro (EUR) • Vêr câmbio atual

ATM: Os cajeros automáticos estão por todo o lado e são uma boa opção para levantar dinheiro com os cartões de débito e de crédito (nestes últimos há lugar, quase sempre, ao pagamento de comissões).

Cartões de crédito: Os cartões da rede Visa e MasterCard são os mais usados em Espanha.

Património

Património Mundial

A lista do Património Mundial em Espanha contempla os seguintes locais:

  1. Alhambra, Generalife e Albaicín, Granada (1984, 1994)
  2. Catedral de Burgos (1984)
  3. Centro Histórico de Córdova (1984, 1994)
  4. Mosteiro e Sítio do Escorial (1984)
  5. Obras de Antoni Gaudí (1984, 2005)
  6. Caverna de Altamira e Arte rupestre paleolítica do Norte da Espanha (1985, 2008)
  7. Monumentos de Oviedo e do Reino das Astúrias (1985, 1998)
  8. Cidade Antiga de Ávila com suas Igrejas Extra-muros (1985)
  9. Cidade antiga de Santiago de Compostela (1985)
  10. Cidade Antiga de Segóvia e seu Aqueduto (1985)
  11. Arquitectura Mudéjar de Aragão (1986, 2001)
  12. Cidade Antiga de Cáceres (1986)
  13. Cidade Histórica de Toledo (1986)
  14. Parque Nacional de Garajonay (1986)
  15. Catedral, Alcazar e Arquivo das Índias em Sevilha (1987)
  16. Cidade Antiga de Salamanca (1988)
  17. Mosteiro de Poblet (1991)
  18. Caminho de Santiago de Compostela (1993)
  19. Conjunto Arqueológico de Mérida (1993)
  20. Mosteiro Real de Santa Maria de Guadalupe (1993)
  21. Parque Nacional de Doñana (1994)
  22. Bolsa da Seda de Valência (1996)
  23. Cidade Histórica Fortificada de Cuenca (1996)
  24. Las Médulas (1997)
  25. Mosteiros de San Millán de Yuso e de Suso (1997)
  26. Palácio da Música Catalã e Hospital de Sant Pau, Barcelona (1997)
  27. Pirenéus – Monte Perdido (1997, 1999) (sítio transfronteiriço com a França)
  28. Arte rupestre da Bacia Mediterrânica da Península Ibérica (1998)
  29. Universidade e Bairro Histórico de Alcalá de Henares (1998)
  30. Ibiza, Biodiversidade e Cultura (1999)
  31. San Cristóbal de La Laguna (1999)
  32. Igrejas Românicas Catalãs do Vall de Boí (2000)
  33. Conjunto Arqueológico de Tarraco (2000)
  34. Palmeiral de Elche (2000)
  35. Muralhas Romanas de Lugo (2000)
  36. Sítio Arqueológico de Atapuerca (2000)
  37. Paisagem Cultural de Aranjuez (2001)
  38. Conjuntos Monumentais Renascentistas de Úbeda e Baeza (2003)
  39. Ponte da Biscaia (2006)
  40. Parque Nacional do Teide (2007)
  41. Torre de Hércules (2009)
  42. Paisagem Cultural da Serra de Tramuntana (2011)
  43. Património do mercúrio. Almadén e Idrija (2012) (sítio transfronteiriço com a Eslovénia)
Planear viagem

Mais sobre Espanha

Se está a planear uma viagem para este destino, sugerimos que consulte as seguintes recomendações de hotéis e ainda as sugestões de roteiros do turismo local.

Procurar hotéis em Espanha

Site Oficial do Turismo

 
 
 

Viajar para Espanha

Artigos e reportagens de viagens



Barcelona em flow motion

Barcelona em flow motion

  Muito mais que um simples timelapse, Rob Whitworth tem levado os seus filmes para uma outra dimensão - e o timelapse de Barcelona não é exceção. Diz o autor que "em poucas cidades do mundo é possível passear de local espetacular para local espetacular a pé", tal como fez em Barcelona. "Eu passei um tempo fantástico a aventurar-me pelas ruas sinuosas de Barcelona para … Ler artigo →

Roteiro de 24 horas em Madrid

Plaza de Cibeles, Madrid

Madrid é uma grande cidade europeia e, por isso, nenhum roteiro de um dia poderá ser um top de atrações turísticas nem tampouco responder à eterna questão sobre “o que fazer em Madrid”. É, ao invés, uma visão pessoal sobre um dia bem passado na capital de Espanha, especialmente para quem pretende visitar Madrid pela primeira vez ou deixar-se guiar na descoberta da cidade, que … Ler artigo →

Costa da Morte, a costa do Norte

Costa da Morte

Apesar do trágico nome, a Costa da Morte é um dos pedaços de litoral mais bonitos de toda a Península Ibérica. Da agreste Malpica ao porto de abrigo de Muros, na Galiza, o relato de um percurso estival com algum sabor a inverno. Malpica e o bonito litoral da Galiza O vento varria as ruelas acanhadas com uma violência inesperada. Parecia perseguir-nos, dobrando as esquinas, … Ler artigo →

Toulouse, rosa-charme e azul-pastel e violeta-flor

Toulouse

Bicicletas, ruas atarefadas, violetas no rio Garona, flores frescas nas esquinas, sabonetes de ísatis, tapas ao fim do dia, vinho, cardápio de queijos, cerveja e foie gras. Toulouse está sempre em festa. Como se diz charme em provençal? Derreter os Pirenéus Antes de aterrar em Toulouse, estas eram as únicas referências que eu sabia sobre a quarta maior cidade de França, … Ler artigo →

Menorca, charme Mediterrânico

Menorca

Menorca é uma surpresa. A mais tranquila das Baleares possui 256 quilómetros de costa recortada por arribas selvagens, praias idílicas, enseadas povoadas por veleiros, variados monumentos pré-históricos, duas encantadoras cidades e um número infinito de estradas rurais e veredas para explorar com calma. Deitada no terraço, abro os olhos para o céu da tarde. Uma calidez sem … Ler artigo →

E Gredos aqui tão perto

Serra de Gredos

Um simples atravessar de fronteiras, a partir de Portugal, pode ajudar a matar as saudades da neve e do ambiente agreste da alta montanha: a Serra de Gredos, em Espanha, fica mesmo à mão e é perfeita para calcorrear trilhos montanhosos durante um fim de semana prolongado. Para quem já conhece a Serra da Estrela e aspira a novas montanhas, que sem serem longínquas já cheiram … Ler artigo →

Jerez de la Frontera, andaluza e árabe

Jerez de la Frontera

Cavalos, touros, flamenco e vinho: eis os quatro elementos fundamentais da identidade jereziana, que estão presentes ao longo do ano e que se reforçam durante as Festas de Outono. Relato de uma festiva viagem a Jerez de la Frontera. A lista das folias e celebrações que ao longo do ano marca o calendário festivo da Andaluzia é vasta e cheia de matizes, desde as solenidades da … Ler artigo →

Zamora, o ouro românico

Zamora

Uma das menos conhecidas província espanholas, apesar da proximidade geográfica, é um mosaico de paisagens. E a par da variedade surpreendente de ecossistemas, a região de Zamora revela-se também ao viajante um esplêndido relicário de arte românica. A rude floresta de alcantilados graníticos que abraça a barragem de Almendra, delimitada a norte e a poente pelo curso sinuoso … Ler artigo →

Andaluzia, heranças do Al-Andaluz

andaluzia-espanha-t660

  Paisagem e herança cultural são duas marcas fortes da Andaluzia. Horizontes infinitos pincelados, por vezes, pelo branco dos campos de algodão, e colinas onduladas com imensas extensões de olival, como na região de Jaén. E as três grandes cidades - Sevilha, Córdova e Granada - que testemunham o esplendor alcançado durante a presença árabe. Andaluzia A Andaluzia é a … Ler artigo →

Sevilha, tapas e flamenco

Sevilha

Um inventário dos “segredos” de Sevilha, capital da Andaluzia, não caberia, provavelmente, em livro nenhum, e muito menos num apontamento de carácter jornalístico. Mas aqui fica o atrevimento de sugerir algumas pistas para um roteiro de breves prazeres pela cidade do Guadalquivir. Explorando Sevilha Quem sabe que idade tem o bairro de Santa Cruz em Sevilha? Posta a questão … Ler artigo →