Voluntariado

Programas de Voluntariado

Programas de voluntariado

Alma de Viajante dá a conhecer aos seus leitores algumas instituições onde pode ser útil através de programas de voluntariado. Não se trata do volunturismo agora em moda, mas sim de verdadeiras missões humanitárias, onde não paga para ajudar, e onde o seu contributo faz - mesmo! - toda a diferença. Uma forma diferente de viajar.

Aqui ficam alguns locais onde pode investir o seu tempo e amor com confiança.

Voluntariado: Lista de projetos humanitários que vale a pena conhecer

Voluntariado: The Dhaka Project

The Dhaka Project, Bangladesh

Maria Conceição, hospedeira portuguesa da Emirates Airlines, sentiu, durante a sua primeira viagem a Dhaka, que podia fazer algo para melhorar as condições de vida de algumas crianças e suas famílias dos bairros de lata da capital do Bangladesh. Após essa viagem, nasce The Dhaka Project, missão humanitária humilde e séria num dos países mais pobres do mundo. A Maria pede ajuda a voluntários dispostos a “arregaçar as mangas”, mas também de enfermeiros e professores. Voluntariado necessário para concretizar as muitas ideias que Maria tem para melhorar as vidas dos seus protegidos.

Voluntariado: ADDHU - Associação de Defesa dos Direitos Humanos

ADDHU - Associação de Defesa dos Direitos Humanos

Susana Neves, voluntária portuguesa e pessoa extraordinária deu-me a conhecer a ADDHU - Associação de Defesa dos Direitos Humanos. Trata-se de uma associação liderada por Laura Vasconcellos que, entre outros, dinamiza um projecto no Quénia denominado Wanalea Children´s Home - Centro de Acolhimento de Crianças Órfãs e Abandonadas, um orfanato que acolhe quase 30 crianças. Nas palavras da Susana, fazer voluntariado no Quénia “foi uma experiência de vida enorme com a qual aprendi que posso fazer muito, com muito pouco. Foi também um ponto de viragem no meu íntimo, enquanto ser humano, por ter sentido muito profundamente que dar Amor e Carinho é a coisa mais fácil do Mundo! Como Sonhar...”

Voluntariado: Orfanato Casa do Caminho

Casa do Caminho, Rio de Janeiro, Brasil

O jovem Miguel Mendes introduziu-me ao projecto Casa do Caminho, no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Decidiu fazer quase meio ano de voluntariado antes de iniciar a vida profissional, pesquisou todas as possibilidades e escolheu o orfanato Casa do Caminho porque o projecto o sensibilizou, e porque não era voluntariado pago a peso de ouro. Tão perto da cidade maravilhosa e, no entanto, no meio da selva, as crianças da Casa do Caminho agradecem ao “tchio”.

Se a temática do voluntariado lhe interessa seriamente, não deixe de conhecer os sites do Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado e a Bolsa do Voluntariado.